quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Comportamento de moradores do recanto surpreende acompanhantes durante ida ao centro de Prudente



Um dos moradores desejando "bom dia!",a uma moça
O comportamento dos moradores do recanto da Associação Assistencial Bezerra de Menezes ganhou destaque, durante um passeio  na manhã desta quinta-feira (02), pelo centro de Prudente. A desenvoltura na socialização, e a fácil adaptação fora do lar surpreenderam a assistente social Edileine Briguenti Freitas, 35, e a terapeuta ocupacional Ligia Copetti, responsáveis pelos idosos ao longo da ação.

“Observamos uma evolução nítida no comportamento deles. A alguns tempos atrás, um dos senhores usava somente capuz preto e não falava com ninguém; hoje, quando está em grupo, conversa com as outras pessoas. As ações dele, cada vez mais, fluem naturalmente”, constatou Briguenti.

Já, Ligia Copetti, apontou outro avanço. Segundo ela, a cooperação entre ambos é algo que deve ser observado. “Eles estão sempre cuidando uns dos outros, dando as mãos, andando juntos. Quando um deles, que possui maior dificuldade, quer ir ao banheiro, outro senhor, que está mais apto socialmente, o acompanha”, observou.

Ainda segundo Copetti, o objetivo da ação foi concluído. “ Eles estiveram em contato com comercio, com pessoas, eles deram mais um passo no processo de reintegração à sociedade”, afrimou.
À esquerda está Lígia, logo depois os moradores e Edileine a direita

A visita à região central teve início na praça nove de julho, depois aconteceram paradas em uma padaria, no Shopping Popular, restaurante e, por fim, uma breve passagem pela catedral São Sebastião.











    Trabalhos de habilidades Sociais



Alguns moradores nessecitam de cuidados redobrados, daí a importância dos acompanhantes
A ida ao centro de prudentino é um exercício ligado às práticas de habilidades sociais. Estas consistem em preparar os pacientes para o retorno à sociedade. Essas práticas são parte do projeto desenvolvido pelo Serviço Social e Terapia Ocupacional da entidade.