sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Treinamento teórico de emergência causa reflexão em funcionários


Com foco na prevenção de acidentes, a unidade de saúde mental da Associação Assistencial Adolpho Bezerra de Menezes realizou nos dias 22, 23 e 24, no período da manhã, das 8h às 9h e de tarde, entre 14h e 15h, um treinamento teórico de emergência, com abordagem voltada para situações de incêndio.

A ação, que foi ministrada pela técnica em segurança do trabalho Fernanda Prates (27) consistiu em orientar os funcionários em como agir diante desse tipo acontecimentos. Os conteúdos aplicados no evento causaram diferentes reflexões nos colaboradores sobre se comportar perante algo inesperado.

Para o monitor de terapia ocupacional Caio Cesar Resende (22), o processo de emergência deve ser executado em grupo. “Percebi que, um colaborando com o outro, a evacuação, em casos de incêndio, será mais fácil. Se nos  comunicarmos enquanto acontece o incidente, teremos mais chances de que todos fiquem em segurança”, explicou.

Já a recepcionista Sueli Alves Lopes (49) comentou que, além entender como proceder com o problema, é necessário manter a calma. “Entendi que correr não adianta. Se necessário, andar rápido. No meu caso, devo comunicar os outros setores, aqui do Bezerra, sobre o problema. Desesperar-me com situação, só iria piorar tudo”, destacou.

Simulado de Incêndio

O treinamento teórico de emergência é apenas uma parte dos métodos de ação em caso de Incêndio. Será realizado um simulado prático surpresa, para aplicar o conhecimento adquirido. Segundo Prates, á ideia é que as pessoas possam vivenciar a experiência.

 “O fogo não avisa quando irá começar e, muito menos se alastrar. O simulado será importante, porque poderemos constatar se os envolvidos saberão colocar os aprendizados em prática. Além do fato de poder avaliar os resultados da ação e de saber o que precisará de correções, caso ocorra alguma emergência”, pontua.