quinta-feira, 27 de junho de 2013

Festa Junina do Bezerra atinge objetivo


Muita animação dos pacientes, colaboradores e familiares
A semana foi de muito trabalho e animação no Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes. Cerca de 250 pessoas, entre famílias, pacientes e colaboradores participaram das festas e das comemorações.

Hoje (27), a festa foi realizada no Recanto (Ala de Tratamento Especial), para os cerca de 60 pacientes moradores, reafirmando a necessidade e o comprometimento do hospital com a socialização dos pacientes.

A animação ficou por conta da banda Chuá-Chuá. Foi realizada ainda a comemoração dos aniversariantes do mês, com direito a bolo e refrigerante, além da apresentação da quadrilha da terceira idade.

Segundo a terapeuta ocupacional, Karina Borges, a festa do Recanto acontece em datas diferentes devido às limitações dos pacientes.

Interação

A festa do dia (25) atingiu seus objetivos ao criar um ambiente divertido e de muita interação entre famílias e pacientes.

A quadrilha se apresentou com muita empolgação. Os ensaios foram realizados desde o dia 27 do mês de maio e contou com a participação de funcionários e pacientes.

Um dos diferencias desse trabalho é o envolvimento dos pacientes na confecção dos enfeites, bandeirinhas, organização do salão e quadrilha...  Segundo Borges, isso colabora diretamente com o tratamento. “Eles fazem um trabalho para recepcionar a própria família, isso cria um sentimento de responsabilidade”, diz.

A diretora clínica, Michelle Salione, e o psicólogo, Guilherme Simonsem, fizeram a abertura do evento, agradecendo a presença das famílias. Os aniversariantes do mês também foram lembrados.

Durante a festa a “noiva” fez muito sucesso. O técnico em enfermagem, William Nascimento, surpreendeu os participantes e causou risos entre adultos e crianças.

Segundo Nascimento foi a primeira vez que o hospital optou em usar um homem como noiva. “Decidi me dedicar e fazer com que tudo se tornasse ainda mais lindo e divertido”
.

Luciana Valesco, técnica em enfermagem e Haila de Barros, educadora social do hospital Santa Maria de Pirapozinho, compartilham de uma opinião positiva quanto ao evento.   "Essa interação é importante, tanto para nós, como para os pacientes", afirmam.

Algumas fotos do evento já estão disponíveis na página do hospital no Facebook.

Por: Cleber Benvindo
(Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa do Hospital Bezerra de Menezes)