segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Hospital usa cão no trabalho de terapia

Alana Pastorini

O Hospital Bezerra de Menezes de Presidente Prudente há um ano e seis meses utiliza um cão da raça Golden Retrivier, para auxiliar na terapia com pacientes. Pépe, como foi batizado, tem um ano e oito meses e foi doado pela Clínica Veterinária São Francisco de Assis de Prudente.

A iniciativa de usar cães na Terapia Assistida por Animais partiu das terapeutas Valéria Cristina de Oliveira Kurozawa e Ligia Copetti, que após realizarem pesquisa sobre o assunto, apresentaram a proposta para a diretoria.


Esse tipo de terapia consiste em envolver serviços profissionais da área médica e de outras, onde o animal é utilizado como motivador afetivo para os pacientes. Segundo a terapeuta Valéria, o intuito deste trabalho é de melhorar a qualidade de vida do indivíduo, proporcionando vários benefícios emocionais, como: amor incondicional e atenção, espontaneidade das emoções, redução da solidão, diminuição da ansiedade, alegria, troca de afeto, entre outros.

“Os objetivos a serem alcançados são os de aumentar a socialização e comunicação dos pacientes, reduzir o isolamento, diminuir a depressão, reforçar a auto-estima, expressão dos sentimentos, proporcional prazer e ajudar a obter melhora na memória”, afirma Valéria.

Ainda de acordo com a terapeuta, o cão é monitorado por um paciente, sendo este avaliado por critérios internos. O cuidador possui responsabilidades diárias, como: cuidar da higiene, alimentação e passeios do cão, essas tarefas são avaliadas pelas terapeutas.

A clínica responsável pelo bem estar de Pépe é a Clínica São Francisco de Assis. Que se apresenta como parceria neste projeto.

A terapeuta Ligia, explica que os resultados alcançados com o uso do cão foram satisfatórios. “O que eu observo entre os pacientes, é que eles ficam mais calmos, mais afetuosos, mais receptivos e principalmente menos agitados, também ressaltando que a pessoa responsável por cuidar do Pépe, cria mais responsabilidade e aprender a cuidar do próximo”, analisa.

Saiba mais sobre a raça:

A raça Golden Retrivier é caracterizada por ser alegre, ágil, forte, de movimentos leves, expressão mansa e caráter dócil. É muito inteligente, obediente e está apto a realizar as mais diversas funções. Esta raça é muito usada para assistir cadeirantes e cegos, além de trabalharem como cães policiais e de resgate. De origem britânica este cão de pelagem que vai do dourado até o creme tem um porte atlético e um temperamento calmo que aos poucos está conquistando o mundo todo. Em inglês seu nome significa Goldem - dourado - Retriever - o que recolhe.