sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O que eu aprendi no Bezerra

Nome: Maria Isabel Constante
Função: coordenadora da ATE (Ala de Tratamento Especial)
Tempo de serviço: 14 anos

“Devemos tratar todos bem, dar um bom dia, boa tarde, não faz mal a ninguém. Os pacientes ficam tão felizes com estes pequenos gestos de carinho, o que parece ser tão pouco para nós,  para eles  é questão de respeito com o próximo. Quando entrei aqui tinha outro pensamento em questão a construção de um hospital psiquiátrico, nem imagina que teria contato com os pacientes diretamente e, isto é incrível, pois eles são pessoas como nós, têm sentimentos, crenças e necessitam de atenção, afeto, algo que muitas vezes eles não possuem em casa. Venha conhecer o hospital, fale com nossos profissionais, entenda sobre a instituição e sua missão, depois argumente.”