quinta-feira, 21 de novembro de 2013

“Balada” é usada como terapia no Bezerra

            
Oficina de balada reúne pacientes de todas as equipes
Oficina de balada, o nome pode soar estranho para um hospital, mas é assim que é conhecida a oficina de música do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes de Presidente Prudente que reúne todas as semanas os pacientes da entidade.

            A atividade acontece todas as sextas-feiras das 7h30 às 8h. Embora sejam apenas alguns minutos, tornam as manhãs diferentes e esperadas pelos pacientes, além de trazerem bem estar físico e emocional.

            Segundo a terapeuta ocupacional, Ligia Copetti, a atividade foi desenvolvida por já serem conhecidos os benefícios da música e ser usada como um dos tratamentos alternativos aos pacientes que possuem algum tipo de transtorno ou deficiência intelectual.

            Durante o período são escolhidas algumas músicas rítmicas, onde o objetivo é fazer com que os pacientes se sintam dispostos a participar e principalmente dançar. Ainda segundo Copetti, todos podem participar e sugerir músicas para as próximas baladas. Hits do momento, sertanejo universitário, entre outros, são as mais tocadas.

            Para incentivar ainda mais os pacientes podem escolher vários objetos e fantasias que ficam a disposição.

            De acordo com a psicóloga Elza Akashi, a atividade proporciona vários benefícios. “A oficina diminuí a timidez, estimula e incentiva a expressão corporal, eles interagem com outros pacientes, de forma que muitos pacientes que estão agitados ou que são muito quietos se sentem mais tranquilos e dispostos.”


            Este é um trabalho realizado em conjunto com as equipes, com a presença de três profissionais que acompanham a atividade: terapeuta ocupacional, assistente social e psicólogo, sendo apenas uma das diversas atividades que são desenvolvidas pela instituição.

Por: Cleber Benvindo
(Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes)

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Pacientes do Bezerra se preparam para o Natal

A monitora da terapia ocupacional, Cassia Regina Campos,
ajuda os pacientes na montagem dos enfeites
           Os pacientes e colaboradores do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes iniciaram nesta semana os preparativos para o Natal.

            O trabalho de artesanatos e enfeites da entidade é realizado em conjunto com os monitores e terapeutas ocupacionais que aproveitam os eventos de final de ano para envolver os pacientes com a data festiva.

            Segundo a terapeuta ocupacional, Karina Borges, após a produção dos primeiros enfeites eles serão vendidos na entidade e na feira da Cohab, que acontece todas as quintas-feiras dás 8 às 12h, na rua das Palmeiras, ao lado da escola Professora Mirella Pesce Desidere.
           

            Quem tiver interesse em adquirir os produtos produzidos pelos pacientes do hospital podem entrar em contato com o telefone (18) 3902-2111.  A renda é revertida para a aquisição de novos produtos para as atividades da Terapia Ocupacional.

Por: Cleber Benvindo
(Assessoria de Comunicação do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes)

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Bezerra participa da 13ª Expodefic

           
Barraca conta com diversos artesanatos
O Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes participa hoje (7) e amanhã (8/11), da 13ª Exposição de Trabalhos Artesanais da Pessoa com Deficiência (Expodefic), na praça da Catedral São Sebastião de Presidente Prudente.

            Cerca de dois pacientes da entidade são acompanhados pela monitora de terapia ocupacional, Jucimara de Campos.  Segundo ela são mais de cinquenta objetos separados para o evento. “São tapetes, portas joias, sacolas, bonecos, enfeites, uma infinidade de artesanatos feitos pelos próprios pacientes”.

            Os objetos são produzidos a partir da Terapia Ocupacional. Segundo a terapeuta ocupacional, Karina Borges, os benefícios do evento vão muito além do valor monetário. “É uma forma de demonstrar para a população que as pessoas com deficiência têm potencial, eles são capazes de construir algo, independente de suas limitações.”


            Quem tiver interesse em conhecer os trabalhos apresentados pela instituição podem ir dás 8 às 16h na Catedral, que fica em frente à Praça nove de julho na Avenida Coronel José Soares Marcondes.

Por: Cleber Benvindo
(Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes)

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Hospital muda horários de visitas

            
Além de Presidente Prudente são atendidas pelo hospital
pacientes de outras 44 cidades da região
O Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes de Presidente Prudente informa que a partir da próxima segunda (4/11), as famílias que tiverem pacientes internados na instituição deverão seguir novos horários de visitas.

            Nas segundas, quartas e sábados as visitas serão no período da tarde, dás 15 às 16 horas. Nas terças, quintas, sextas, domingos e feriados o horário será dás 10 às 11h.

            Já o grupo com as famílias permanece todas as sextas feiras, das 9 às 10h e as reuniões com as assistentes sociais, todas às terças-feiras, dás 9 às 10h.

            Segundo a diretora clinica, Michelle Medeiros Lima Salione, a mudança de horário tem por objetivo contemplar aquelas que não podiam comparecer antes. “O que buscamos sempre é o melhor atendimento às famílias e principalmente aos nossos pacientes”.

            O hospital ainda pede que em caso de dúvidas ou mais informações os interessados entrem em contato a partir do telefone (18) 3902-2111. A instituição atende além de Presidente outras 44 cidades da região.

Por: Cleber Benvindo
(Assessoria de Imprensa do Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes de Presidente Prudente)